Pular para o conteúdo principal

LPs e Compactos em vinil que eu gostaria de ter comprado

    Papagaio Disco Club (1976): Coletânea supimpa, só com pancada. Eu tenho em fita cassete original (EDIT: acho q perdi!). Essa é a primeira coletânea lançada e não é fácil de se encontrar. Como não tem número há uma confusão aí, porque tem o Papagaio DC vermelho que foi nomeado 'volume 1' e os seguintes (acho que só o '2' mesmo). Praticamente todo o LP é muito bom! Cada música parece ter sido escolhida a dedo, incluindo sucessos do The Trammps, Candi Staton e Luther Vandross. Note a música 'Groovin (On a summer afternoon)'' que foi regravada nos anos 90 por Pato Banton.




A1 Candi Staton Run To Me
A2 Candi Staton Young Hearts Run Free
A3 Undisputed Truth (2) You + Me = Love
A4 First Choice Gotta Get Away (From You Baby)
A5 Meters, The Disco Is The Thing Today
A6 Trammps, The Ninety-Nine And A Half
B1 Jimmy Castor Bunch, The Everything Is Beautiful To Me
B2 Spinners The Rubberband Man
B3 Natural Four, The It's The Music
B4 Michel Polnareff Lipstick
B5 Brigati Groovin'
B6 Luther Funky Music (Is A Part Of Me)

Andrea True Connection - More, More, More (1976): Eu peguei esse LP. Apalpei, olhei, mas quando vi o preço...Tenho o 7'', mas o LP é muito mais. Já tinha gasto a grana e não levei pra casa, até hoje sou um cara amargo por isso (rss). Depois ainda tem quem condene o download de MP3 na internet. Já fomos sugados por muitos anos. Agora danem-se os aproveitadores que enfiavam a faca em álbuns de qualidade duvidosa. Claro que não é esse o caso. A produção de Gregg Diamond sobrepõe toda a falta de talento pra cantar que Andrea True tem. A faixa título estourou no mundo todo e até hoje toca no meu rádio. Eu adoro o álbum inteiro. A descrição da rodagem de filme 'pornô' que ela faz na letra de "More more more" é impecável e sexy!


A1 Party Line (6:50)
A2 Keep It Up Longer (4:36)
A3 More, More, More (6:15)
B1 Fill Me Up (Heart To Heart) (10:03)
B2 Call Me (7:28)

Santa Esmeralda - The House Of The Rising Sun (1977): Poucos sabem que Santa Esmeralda surgiu da ruptura de Leroy Gomez com músico Cerrone. Mas, em algum lugar você deve ter ouvido ou visto e versão do Revelacion para "The House Of The Rising Sun" e achou que era um cover do cover.

Mais detalhes no fórum do discomusic.com: Cerrone vs. Alec R. Costandinos e Leroy Gomez

Pra quem não entende inglês resumindo: Eles produziam juntos, mas só o Cerrone tomava os louros. "Love In C Minor" foi o primeiro sucesso produzido em conjunto, mas Alec R. Costandinos teve apenas um pequeno crédito escrito no LP. Ficou puto da vida e lançou 2 álbuns após a briga: sob o nome de Love And Kisses. "Accidental Lover" tem várias semelhanças com "Love In C Minor", pra quem tem bons ouvidos. Alec ainda lançou o projeto Sphix, com a suite "Judas...". Cerrone fez o mesmo com Leroy Gomez, que o auxiliou no projeto Revelacion e não teve créditos, nem pela idéia do Spanish Disco em "The House Of The Rising Sun"! Nem mesmo foi mencionado! A resposta dele foi o Santa Esmeralda, e foi bem além disso: pegou outra faixa da banda The Animals e produziu "Don't Let Me Be Misunderstood" com a cara do "The House of...". Não satisfeito, no segundo álbum do Santa Esmeralda pegou a mesma faixa "The House of..." e refez de maneira soberba! A resposta de Cerrone veio com "Don't Give A Damn" ("estou pouco me importando"), que produziu com Don Ray. Alec Costandinos ainda deu umas alfinetadas em Cerrone, incluindo 'interlúdios' nas produções de Paris Connection, Love And Kisses, com partes de "Love In C Minor". (Em tempo: a capinha acima é do 7'' e não do LP. Créditos [ ! ] ao DJ Jimmy M pela história).

A1 The House Of The Rising Sun (4:13)
A2 Quasimodo Suite (10:42)
B1 Dance You Down Tonight (7:07)
B2 Nothing Else Matters (6:32)
B3 Hey Grip! (3:22)

Atualização 19/03/2011

 - Everlasting Love 7''
Um dia eu estava na Marché Discos (sebo) comprando. Um dos melhores sebos que já tinha visitado, com discos bem cuidados e limpinhos (comprei muita coisa linda encapadinha lá!) eis que toca na outra sala essa música aí da imagem ao lado. Fui sorrateiramente e dei de cara com meu algóz 'experimentando' o compacto original nacional de 'Everlasting Love'. Quase morri. Tive que perguntar: "vai levar?" e meu inimigo mortal disse "vou". Sai derrotado da sala, não fui rápido o suficiente pra salvar o 7''. Hoje imagino-o jogado em qualquer canto, sem ser ouvido. Pobre dele.













Hippopotamus Vol. 5: Esse na verdade eu comprei. Gostei da seleção..Quando fui colocar pra ouvir percebi que ele estava rachado. Um rachadão enorme. Que ódio. Sorte que paguei baratíssimo, mas foi naqueles 'sebos camelô' de banca. Nunca mais comprei nesses caras de rua.

A1Earth, Wind & Fire  - September
A2Grey And Hanks  - You Fooled Me
A3Gregg Diamond Bionic Boogie*  - Fess Up To The Boogie
A4Raes, The  - A Little Lovin' (Keeps The Doctor Away)
A5Voyage  - Souvenirs
B1Boppers, The  - There She Goes Again
B2King Pacha  - Sadness
B3Freddy Cole  - For Once In My Life
B4François Valéry  - Une Chanson D'ete
B5Dalida  - La Vie En Rose

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Abertura de novela: Locomotivas (1977)

Tracklist Internacional:

A1  Morris Albert  - Conversation
Written-By – Morris Albert A2  –Candi Staton - Young Hearts Run Free
Written-By – David Crawford A3  –Michael Sullivan (2) - Sorrow
Written-By – Michael Sullivan (2)R. Lee Mark A4–Grace Jones - That's The Trouble
Written-By – Grace JonesPierre Papadiamandis A5  –Ornella Vanoni - Più
Featuring – JovanottiWritten-By – Sergepy*, Maurizio Piccoli A6–Cerrone - Love In C Minor
Written-By – Alec R. CostandinosJean-Marc Cerrone* A7  –Steve Maclean - Sweet Sounds, Oh! Beautiful Music
Written-By – Rose AnneSteve MacLean B1–Richard Young (16) - Rainy Day
Written-By – J. CampbellNat AdamsTeddy Klier B2  –Andrea True Connection - New York, You Got Me Dancing
Written-By – Gregg Diamond B3–Alessi - Sad Songs
Written-By – AlessiBilly Bobby B4  –The Universal Robot Band - Dance And Shake Your Tambourine
Written-By – Patrick Adams B5  –Cook & Benjamin Franklin Group - Movin' On
Written-By – Bixio, Frizzi & Tempera,

Tina Charles

Tina Charles nasceu em 10 de março de 1954, na Inglaterra. Começou a cantar aos 15 anos, lançando 3 singles pela CBS, gravados no Studium Chappel, em Londres, tendo como backing vocal um certo desconhecido chamado Reg Dwight, que posteriormente viria a ser conhecido como nada menos que Elton John. Em 1975 ela se juntou ao seu amigo Martin Jay e surgia o Airbus, depois batizado de 5000 Volts.

O seu primeiro sucesso foi o b-side de seu single "Bye Love", "I'm On Fire" foi um sucesso mundial, chamando a atenção do produtor Biddu, o mesmo que havia pouco tempo tinha lançado com Carl Douglas o super hit "Kung Fu Fighting".

Durante o periodo de 1975-77 foram vários sucessos ao redor do mundo: "I Love To Love" por exemplo, vendeu mais de 26 milhões de cópias. Em 1976 lançou seu primeiro LP: Dance Lady Dance , acompanhada por uma banda que incluía membros do que seria o Buggles, Trevor Horn and Geoff Downes.

Nesse período de absoluto sucesso ela viaj…

Roy Ayers Ubiquity

Ouvi um dia o VJ Fabio Massari da MTV falar de Roy Ayers Ubiquity em um daqueles programas que passam em horário incerto, a cara da MTV, que coloca o bom gosto em segundo plano, sempre.

Roy Ayers nasceu em Los Angeles, Califórnia/USA, em 10 de setembro de 1940. Foi vibracionista de Jazz nos anos 60 e formou sua própria banda nos anos 70. É tido como precursor do Acid Jazz e tem suas músicas muito sampleadas nos dias de hoje.

Nasceu em uma família de músicos: seu pai tocava trombone e sua mãe era pianista, lhe ensinando a tocar quando pequeno. Começou a tocar aos 17 anos na cena do Jazz, posteriormente veio a se juntar a sessões com Herbie Mann, o que lhe abriu os caminhos para o conhecimento musical deoutras áreas que não o bebop o qual ele cresceu ouvindo.

Tendo formado sua banda em 1970, aos poucos foi incorporando ao estilo Jazz componentes de R&B, Funk e Disco, fazendo muito sucesso comercialmente.

Nos anos 80, além de continuar com sua banda, colaborou com Fela Kuti, ainda produz…